sexta-feira, 15 de maio de 2015

Você precisa de suplementos alimentares?

Pra adiantar logo a conversa, provavelmente sim.



Agora vamos começar a conversar sobre o tema. Toda hora eu vejo questionamentos sobre o uso ou não de suplementos alimentares. Questionar é bom e muito importante, pois nos leva a buscar um entendimento cada vez maior sobre tudo. Beleza, mas falar sobre o que não se conhece nada, mas nadinha mesmo, já é inadequado.

Vejo muitos especialistas em Nutrologia e/ou Nutrição dizerem que "ninguém precisa de suplementos alimentares" e que "os alimentos são suficientes para garantir todas as nossas necessidades nutricionais" ou que seriam necessários "apenas para atletas de ponta", mas sou obrigado a discordar deles e vou explicar o porquê.

A alimentação balanceada, de acordo com as necessidades de cada indivíduo compõe, junto com mais alguns fatores, a estrutura fundamental de uma boa saúde (leia mais aqui). Isso é básico. Sem isso, quaisquer outros esforços, fora deste grupo principal de elementos, estarão fadados ou ao fracasso ou a resultados algo insatisfatórios. Até aí, praticamente todo mundo concorda.

O problema é que nós, seres humanos que vivem em centros urbanos, grandes ou pequenos, sofremos com uma certa "insalubridade" proporcionada pelas condições de vida nas cidades e pelas demandas sociais modernas. Nós, que costumo chamar de URBANÓIDES, somos seres humanos expostos a poluentes, aditivos alimentares, defensivos agrícolas e radiações eletromagnéticas de uma maneira que nunca fomos antes. Tudo isso interfere enormemente na nossa saúde e gera a necessidade, como tentativa de equilibrar estas desvantagens, do uso de suplementos alimentares que eu prefiro, inclusive, chamar de complementos. Este uso é nossa alternativa atual para tentar compensar as agressões citadas acima e o nosso comportamento enlouquecido dentro da nossa atual estrutura social.

Corremos demais, trabalhamos demais, descansamos de menos, nos frustramos demais, amamos ao próximo menos do que devíamos. Infelizmente, essa costuma ser a forma como a maioria de nós vive hoje. Além disso, os alimentos atuais não apresentam mais os mesmos teores nutricionais que antigamente, estando mais bonitos porém menos nutritivos. Acredito que você concorde que precisamos de alguma ajuda.

Além de tudo isso, os suplementos alimentares são aliados fantásticos no tratamento complementar de inúmeras doenças e, principalmente, na prevenção das mesmas. Bem utilizados são fantásticas ferramentas de promoção da saúde!

O pensamento é este. Precisamos de um suporte maior para aguentar provações mais difíceis. O grande detalhe, divisor de águas em toda esta conversa, é o fato de que não devemos fazer isto sozinhos. O grande erro, que provavelmente leva muitos colegas a serem contra a suplementação alimentar, é o fato de que muita gente se auto-suplementa, ou seja, não procura auxílio profissional para definir de quais elementos precisa e quais não precisa. Neste caso, até mesmo eu sou contra a suplementação. Apenas um profissional capacitado, médico ou nutricionista, é capaz de definir que suplementos você deve tomar e quais outras mudanças de hábitos de vida deve adotar para ter uma saúde boa.

Conte com esta ajuda, bem orientado, e seja mais feliz!