sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Emagrecer e RESULTADOS... RESULTADOS?

Você já se perguntou o que significa RESULTADO para você?

Trago essa questão por um motivo muito simples: a maioria das pessoas não se pergunta isso.

De que isso importa?

Sem entender o que é RESULTADO, você não tem como compreender qualquer processo em que se envolva, seja ele um profissional, sentimental ou um tratamento de saúde.

Vou focar em um pedido comum: "QUERO EMAGRECER".

Em geral, por culpa de muitas décadas de desinformação dos próprios profissionais que lidam com este assunto, as pessoas pensam que emagrecer significa, diretamente, perder peso. Afirmo categoricamente aqui que isso não é exatamente verdade. Quer ver? Vamos lá.

Comecemos pelo contraponto. Ganhar peso é engordar? Para responder isso, pense em 2 situações. A primeira é aquele onde você, ou qualquer outra pessoa, ganhou muita gordura e teve o peso aumentado. Engordou, neste caso, obviamente E ganhou peso. Agora pense naquele seu amigo que faz muita musculação. Ele ganha MÚSCULOS e aumenta o peso, mas ele engordou?

É ÓBVIO QUE NÃO!

Se ele perder peso, por diminuir o treinamento, perdendo massa muscular, estará EMAGRECENDO?

NÃO!!!

Então parta desta observação e me responda. Se você perder PESO estará, necessariamente, emagrecendo? Fazendo uma ilustração bem exagerada te pergunto: se você tragicamente perder um membro do seu corpo, o que significa uma perda de peso considerável, ficará mais MAGRO?

NÃO!!!

Por tudo isso, eu digo pra vocês que o resultado de um trabalho de emagrecimento bem feito não neste post antigo, mas ainda atual, e pense no assunto.
precisa ser a perda de peso. Na verdade, estimulo a todos a parar de se pesar. Quando pensamos em emagrecimento responsável, pensamos em perda de gordura corporal, principalmente visceral e/ou ganho de massa muscular. Não apenas em "perdas". Pense seu corpo mais em termos de proporções, de percentuais, do que em termos de volume total. Dê uma lida

Você pode estar pensando em um resultado que não é, exatamente, O resultado.

domingo, 18 de outubro de 2015

Reflexão sobre o DIA DO MÉDICO

Neste DIA DO MÉDICO, além de dar meus parabéns a todos os colegas e agradecer as felicitações carinhosas que tenho recebido, quero aproveitar para propor uma reflexão:

- Médico. Você tem se dedicado aos SERES HUMANOS ou ao seu próprio EGO?

Sei que já falei sobre isso aqui, mas este assunto nunca se esgota. Vamos lembrar, sempre, que o objeto de nosso trabalho são as ansiedades, desejos, sofrimentos e alegrias de nossos pacientes operados, também, através de seus organismos e não o contrário.

Vamos lembrar que devemos dedicar nosso tempo de estudo, nossas energias e corações a conseguir orientar os pacientes no sentido de uma saúde cada vez mais preservada e otimizada, antes mesmo de pensar em curar qualquer coisa.

Vamos lembrar que nosso conhecimento REAL sobre o funcionamento do corpo humano, profunda e detalhadamente, não deve chegar a 15% do total. Isso nos torna, sem dúvida alguma, IGNORANTES. Como técnicos no tema e supostos estudiosos no assunto, vamos nos comportar como tal e usar este pouco conhecimento em prol dos pacientes, mas nunca esquecendo de que estamos LONGE de entender TUDO.

Vamos lembrar que os embates raivosos são inúteis masturbações intelectuais de mentes pequenas e egóicas que querem, acima de tudo, parecer completamente certas, mesmo que não estejam. Vamos focar no diálogo, onde um lado sempre ouve o outro e reavalia suas próprias convicções à luz das convicções dele.

Não vamos esquecer, de uma vez por todas, que pessoas colocam suas vidas nas nossas mãos, bem como seu valor mais precioso que é o TEMPO. Devemos honrar isso com todas as nossas forças, pois a maior doação é deles para nós e não o contrário. Agradeçamos sempre a eles pela oportunidade.

MUITO OBRIGADO aos colegas que se juntam conosco nesta luta e MUITO OBRIGADO aos paciente que confiam em nosso trabalho, doando suas vidas e tempo para que possamos cuidar.

Continuemos em frente, juntos!

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Novo livro do Caio Fleury sobre emagrecimento paleo/low-carb

Novo lançamento do Caio Fleury, do blog Primal Brasil, que é um dos grandes divulgadores e incentivadores da alimentação Paleo no Brasil, seu novo livro sobre emagrecimento conta com as melhores estratégias e receitas para perder peso com muito prazer.
Olha ele aqui:


No livro, ele traz:
·         Um ótimo guia baseado em comida de verdade, para quem quer emagrecer bastante e não sabe seguir a dieta Paleo/Low-Carb ainda;
·         Estratégias para você superar os obstáculos que estão impedindo seu emagrecimento com a dieta low-carb;
·        Informações sobre a verdade chocante e entenderá porque vivemos em um estado de grande desentendimento sobre emagrecimento com saúde no Brasil;
·         Como saciar o apetite, sem sentir fome, satisfeito durante o dia e com muito prazerdurante as refeições;
·         Dicas e muito, muito mais!


Clique aqui e saiba como você pode mudar sua vida com muito prazer.

Eu recomendo, pessoal!

Tem certeza de que quer sair do FOCO?

Tem certeza que você quer um "dia do lixo"?
Vamos lá, pessoal.

"Você DEIXA eu furar a dieta (o tratamento) só um diazinho por semana? Por favor?" - pedido literal
para ter o famoso "dia do lixo" toda semana.

Entendam uma coisa: não é questão de deixar ou não. De acordo com a situação em que cada um se encontra, com os objetivos que deseja alcançar, com o tempo e com os recursos disponíveis, os tratamentos/dietas podem ser mais ou menos flexíveis. Em geral, se temos mais urgência ou gravidade, precisamos ser mais rígidos. Por isso eu digo que não é "por ruindade" ou porque o profissional é "muito intransigente" que ele, muitas vezes, endurece o tratamento. Lembre que estamos apenas tentando te ajudar a chegar em um ponto que você mesmo pediu.

Se o foco no tratamento não for mantido, o sucesso do mesmo pode ficar completamente comprometido e você mesmo vai ficar chateado com o fato de não alcançar os resultados que queria. Pense nisso. Será que não vale a pena um pouco de dedicação e, por que não, privações temporárias para alcançar aquela meta maravilhosa que você tanto quer?

Eu sei que muitas coisas permeiam nossas mentes e nos afastam do caminho reto na direção do sucesso. Isso acontece com quase tudo na vida. Temos a mania, por exemplo, de tentar avaliar um tratamento/dieta durante o processo. Isso é uma péssima idéia! Se você realmente tivesse como avaliar tudo no meio do caminho, não precisaria estar sendo acompanhado por um profissional, não é mesmo? Quais os parâmetros para avaliar? Como ponderar os resultados? Pacientes que querem emagrecer costumam, quase invariavelmente, se avaliar pela perda de peso e eu insisto: PERDA DE PESO NÃO É UMA BOA REFERÊNCIA PARA EMAGRECIMENTO! (veja mais AQUI!)

Se você não está plenamente capacitado para avaliar os resultados preliminares do seu tratamento, o que me diz dos "pequenos ajustes" durante o processo? "Só esse pedacinho não vai ser problema..." ou "se eu esqueci de tomar o comprimido da última vez, tomo dois agora". Estas ações, aparentemente insignificantes, podem destruir todo o seu esforço e tratamento, pois você não sabe o verdadeiro potencial destrutivo que elas têm sobre o seu processo terapêutico.

Por isso tudo, pense direitinho antes de querer "uma folguinha" ou dar uma "ajustadinha" na sua dieta ou tratamento. Se você está disposto a atrasar ou destruir seus resultados, não vejo nenhum problema (afinal de contas, a vida é feita de escolhas e o livre-arbítrio está aí), mas se você quer alcançar, o quanto antes, tudo que almeja, vamos focar mais um pouco?

Vamos em frente, juntos!

FOCO!