domingo, 18 de outubro de 2015

Reflexão sobre o DIA DO MÉDICO

Neste DIA DO MÉDICO, além de dar meus parabéns a todos os colegas e agradecer as felicitações carinhosas que tenho recebido, quero aproveitar para propor uma reflexão:

- Médico. Você tem se dedicado aos SERES HUMANOS ou ao seu próprio EGO?

Sei que já falei sobre isso aqui, mas este assunto nunca se esgota. Vamos lembrar, sempre, que o objeto de nosso trabalho são as ansiedades, desejos, sofrimentos e alegrias de nossos pacientes operados, também, através de seus organismos e não o contrário.

Vamos lembrar que devemos dedicar nosso tempo de estudo, nossas energias e corações a conseguir orientar os pacientes no sentido de uma saúde cada vez mais preservada e otimizada, antes mesmo de pensar em curar qualquer coisa.

Vamos lembrar que nosso conhecimento REAL sobre o funcionamento do corpo humano, profunda e detalhadamente, não deve chegar a 15% do total. Isso nos torna, sem dúvida alguma, IGNORANTES. Como técnicos no tema e supostos estudiosos no assunto, vamos nos comportar como tal e usar este pouco conhecimento em prol dos pacientes, mas nunca esquecendo de que estamos LONGE de entender TUDO.

Vamos lembrar que os embates raivosos são inúteis masturbações intelectuais de mentes pequenas e egóicas que querem, acima de tudo, parecer completamente certas, mesmo que não estejam. Vamos focar no diálogo, onde um lado sempre ouve o outro e reavalia suas próprias convicções à luz das convicções dele.

Não vamos esquecer, de uma vez por todas, que pessoas colocam suas vidas nas nossas mãos, bem como seu valor mais precioso que é o TEMPO. Devemos honrar isso com todas as nossas forças, pois a maior doação é deles para nós e não o contrário. Agradeçamos sempre a eles pela oportunidade.

MUITO OBRIGADO aos colegas que se juntam conosco nesta luta e MUITO OBRIGADO aos paciente que confiam em nosso trabalho, doando suas vidas e tempo para que possamos cuidar.

Continuemos em frente, juntos!