quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Então, você tá ficando velho(a)?

Queixa comum, constante, quase onipresente nos meus dias de trabalho.

Quase todo mundo, que tenha passado dos 35, começa a se queixar de que "está ficando velho" e pede para "não envelhecer", "envelhecer mais devagar" ou, quando a sensatez é maior, "envelhecer de forma mais saudável". Tudo bem. Eu compreendo que todos queremos envelhecer com mais saúde, sem ir perdendo tanto as capacidades físicas e psíquicas. Muitos querem parecer mais novos do que suas idades cronólogicas e fazer as compensações estéticas necessárias. Tá legal. Vamos trabalhando isso mas... será que envelhecer passa apenas por essas coisas?

O que define um jovem? Se falarmos em cronologia, são poucos anos de vida, mas e se falarmos em comportamento? Você concorda que um jovem é ativo, vivaz e vê um amplo horizonte a sua frente? Um jovem costuma ser cheio de planos e metas a alcançar, não é mesmo? Um jovem se alegra, se chateia, se revolta e busca mudanças para o que não considera adequado, não é isso? Pode ser, inclusive, excessivamente impetuoso, né?

Pois é. Juventude é muito mais uma atitude do que um estado. Ser jovem é muito mais ser PROTAGONISTA, PRÓ-ATIVO, do que não ter rugas no rosto ou manter a potências sexual. Quem é realmente jovem, faz a diferença, independente de quantos anos de vida tenha. "Fazer a diferença" significa, simplesmente, participar da vida tomando decisões, aprendendo e desenvolvendo a si mesmo e a tudo em que se envolve. Você tem sido jovem ultimamente?

Quando toco neste assunto, logo vêm uma turma pra cima de mim dizendo "você fala isso porque ainda é novo" ou mesmo "você vai ver quando a idade chegar". Eu entendo as queixas dessa turma. Sei que sou só um babaca de 38 anos falando, mas garanto que, se pensarem direitinho no que estou dizendo, vão se impressionar com a veracidade e com os resultados de passar a pensar e agir assim.

Quer rejuvenescer? Participe da vida! Participe do mundo ao seu redor! Não quero dizer que todos tenhamos que ser OS protagonistas de tudo, mas precisamos nos posicionar diante da realidade e dos acontecimentos, trocar idéias e nos relacionar uns com os outros. Precisamos nos dedicar ao maior de todos os desafios que é o da convivência.

Então, vamos combinar. Não está vendo mais sentido na vida? PROCURE. Está percebendo limitações físicas? BUSQUE AUXÍLIO PROFISSIONAL. Está insatisfeito? NÃO CULPE O TEMPO E NEM A IDADE, MAS SIM A SI MESMO. Sabe pra quê? Pra buscar, de fato e com muito afinco, SOLUÇÕES, já que os problemas já estão aí.

Curta sua vida. Curta os momentos e cada passagem de fatos e do tempo. Aproveite as vivências e as vantagens da experiência. Desfrute de tudo isso realmente fazendo parte do todo e verá que a juventude vai ficar colada em você até o fim.

Seja JOVEM por PROTAGONIZAR. Isso não tem nada a ver com idade.