sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

O que te MOTIVA?

Ninguém faz nada à toa.

Acredite. Tudo que você, eu ou qualquer pessoa faz tem sempre um motivo, uma MOTIVAÇÃO.
Afinal de contas, nem relógio trabalha de graça.

Todas as suas ações, mesmo que você não perceba, objetivam te levar a algum resultado. Seja ele financeiro, um benefício em um relacionamento, a conclusão de alguma meta ou, até mesmo, uma sensação boa, mesmo que efêmera. Sempre tem aquela "cenourinha na frente do burro". Você costuma pensar sobre qual é a sua "cenourinha"?

Calma! Eu não estou te chamando de burro! Quero dizer, apenas, que todos precisamos ter um ponto objetivo, um foco definido, para motivar nossas ações. Isso ajuda principalmente quando estamos diante de caminhos muito longos ou objetivos mais difíceis de alcançar. E não estamos todos quase sempre assim?

Querer se formar na universidade, comprar sua própria casa, um carro, emagrecer, ficar mais saudável, fazer aquela pós-graduação, aparentar mais jovem, resolver aqueles problemas do relacionamento, se casar, se separar... Tudo isso são objetivos que costumam estar presentes no nosso horizonte e que podem servir como a tal "cenourinha". Podem servir... mas nem sempre servem.

Temos uma mania esquisita de mirar no ZIG querendo acertar no ZAG. Vou me explicar melhor. Costumamos acreditar (ou nos enganar) que fazemos as coisas por um motivo, costumeiramente autruista e generoso quando, na realidade, os verdadeiros motivos são outros. Por exemplo, aquele rapaz que quer emagrecer e ficar com o corpo atlético pelos "benefícios à saúde" que, na verdade, quer mesmo é se tornar mais atraente para conquistar aquela paquerinha da escola. Você pode perguntar: qual é o problema? Eu te respondo. O problema é que se ele, de repente, conquistar a tal paquerinha antes de alcançar seus objetivos físicos e de saúde, vai abandonar esta trajetória que começou porque, na verdade, nunca teve os motivos alinhados com as ações.

Por tudo isso, eu te peço: identifique com clareza seus motivadores, admita a existência deles e FOQUE. Este é o caminho para o SUCESSO. Só pra lembrar, o COACHING é o melhor caminho para delinear estes motivadores, os objetivos e os rumos a tomar.

Alinhe atitudes e intenções.

Seja coerente.