terça-feira, 12 de julho de 2016

Ovo: como escolher, armazenar e preparar?

Este texto é uma contribuição da Nutricionista Lorena martins (CRN-9074) - lore.martins@hotmail.com - e traz muitas informações úteis sobre este fantástico alimento. Veja mais AQUI.

Essa é uma dúvida muito comum entre as pessoas no momento em que vão comprar e armazenar este alimento que, de acordo com estudos realizados pelo Ministério da Saúde, é a principal fonte de doenças transmitidas por alimentos no país. O maior vilão da contaminação é a bactéria Salmonella, sendo registrada como causa de 40% das intoxicações alimentares no Brasil.

Aqui vão algumas dicas importantes e esclarecimenti de algumas dúvidas:

1. No momento da escolha, é importante verificar se há um selo de inspeção oficial, além de dados como nome e CNPJ do produtor observando, logo em seguida, se a casca está quebrada ou trincada;

2. Quanto ao armazenamento, é muito importante retirar da embalagem, pois se for guardado com a mesma, haverá grande chance de ocorrer contaminações. Prefira guarda-los em um recipiente limpo e local refrigerado. A Salmonella é uma bactéria que se reproduz em temperatura ambiente. Por isso, os ovos devem ser guardados na geladeira, evitando colocá-los na porta, pois é necessário estar sob temperatura constante. Como abrimos e fechamos a geladeira muitas vezes ao dia, as prateleiras internas se tornam mais adequadas;

3. A casca do ovo possui microporos. Se o mesmo for lavado antes da sua utilização, esta água poderá penetrar e propiciar um processo de decomposição, podendo causar uma intoxicação alimentar após a ingestão do alimento. Por isso, lave-os somente quando for utilizá-los com o intuito de retirar excessos de sujeiras;

4. Os ovos devem ser muito bem cozidos, para evitar danos à saúde no indivíduo, sendo preferível o cozimento médio de sete minutos. Temperaturas acima de 70ºC matarão as bactérias nocivas e, como este é um produto perecível, após o preparo deve ser conservado em embalagem fechada e sob refrigeração;

5. Gemas e claras duram dois dias na geladeira porém, quando separadas, a clara pode durar até uma semana;

6. O ovo fresco terá a casca porosa e seca. Se estiver velho, a casca estará lisa, fina, brilhante e com linhas acinzentadas. Outra forma de descobrir se o ovo ainda pode ser consumido é colocando o mesmo em uma vasilha com água: se flutuar, está velho, se afundar, está fresco;


É muito importante ter


acesso a alimentos de qualidade, sabendo diferenciar daqueles que podem trazer qualquer tipo de dano à sua saúde, sempre respeitando o tempo e a forma de armazenamento, garantindo assim a segurança alimentar.