sexta-feira, 25 de março de 2011

Ortomolecular emagrece?

Ajuda muito!
Todo mundo fala sobre isso hoje em dia. Fica parecendo, até, que a Ortomolecular é voltada especificamente para o emagrecimento. Acontece que isso não é bem assim.

Por trabalhar este sentido de regulação e equilíbrio do corpo, a Ortomolecular ajuda um bocado nos tratamentos de emagrecimento. Em muitos casos, sem esta ajuda não seria possível alcançar um resultado prático, útil, de forma eficiente e saudável. O médico que utiliza a prática Ortomolecular costuma tratar pacientes que gostariam de emagrecer, mas utiliza uma série de recursos não necessariamente vinculados à terapia Ortomolecular para tanto.

Eu costumo trabalhar com orientação nutricional de baixo volume de carboidratos, em uma rotina desenvolvida por mim, no consultório, que mescla diversas idéias e tendências antigas e novas, de acordo com as necessidades de cada paciente. Os resultados, para quem segue corretamente, são muito positivos, e de mantem posteriormente de forma bem espontânea.

De qualquer forma, sempre vamos precisar da figura do profissional Nutricionista, que é aquele habilitado a, inteligentemente, regular o hábito alimentar de cada paciente. Não podemos esquecer a figura do Psicólogo, pois a maioria dos casos de obesidade tem origem em questões psíquicas profundas e individuais. Seria injusto não falar do Educador Físico, que orienta os exercícios físicos corretos para cada pessoa alcançar seus objetivos com saúde. Ou seja, o trabalho multidisciplinar integrativo é o mais interessante sempre.

Em suma, Ortomolecular é um bom caminho para conseguir alcançar uma forma física saudável e esteticamente equilibrada, mas tende a ser o início de um processo que deve envolver diversos profissionais.