Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Como vai seu tesão?

Se isso tem sido um problema pra você é preciso dar atenção a alguns aspectos fundamentais da sua vida. Vamos dar uma passada no que importa de mais imediato.

Como é que você está se vendo? Sente-se bonito(a), agradável, bem na fita... pelo menos, ficável? Ou tá achando tudo uma porcaria? Fique muito atento(a) a sua auto-estima, pois se não estiver bem consigo, não tem como ficar bem com ninguém. Se redescubra em suas qualidades e busque melhorar o que precisa. Tenha percepção crítica sobre seus avanços e sua situação, sem ser permissivo(a) ou excessivamente severo(a). Mantenha a objetividade.

Sua saúde tá legal? Tem feitos seus check-ups? Como está seu perfil hormonal? Converse com seu médico sobre isso e questione, do ponto de vista biológico, se há algum motivo para esta situação.
Sua alimentação anda como? Tá se enchendo de porcaria? Toma todas? Alimentação desregrada e sem qualificação é uma ótima maneira de reduzir a níveis ridículos sua energia e sua motivação. A bebida alcoólica em excesso, inclusive, é excelente para deixar qualquer rapaz ou moça numa fraqueza de dar dó. Além disso lembre que "de bêbo num tem dono"!

E o barrigão? Tá redondo e vistoso? Tipo uma melancia bem grandona? Cuidado! A gordura visceral, que faz seu perímetro abdominal aumentar e dá aquele shape lindo de quibe, favorece a desregulação dos seus hormônios, que são fundamentais para a manutenção de uma boa libido, de um tesão saudável. Vai cuidar desse negócio que já começa a melhorar sua situação (inclusive porque fica mais agradável aos olhos das vítimas, né?)

Lembre que a atividade física é fundamental para uma boa saúde. Procure ter uma rotina organizada e bem orientada neste sentido. Se não for profissional da área, não fique inventando coisas como "dar uma caminhada" ou, pior ainda, "uma corridinha", sem acompanhamento. Os educadores físicos estão aí pra organizar seus esforços e torná-los sempre saudáveis e eficientes na busca de seus objetivos.

Sabia que se compreender é fundamental para uma vida sexual saudável? Busque rotinas de auto-conhecimento válidas. Entenda-se. Lembre que psicoterapia não é "coisa de doido", e sim uma via racional de auto-percepção que pode te ajudar a melhorar tudo em sua vida, inclusive o sexo. Procure ajuda deste profissional. Vá a um e, se não tiver empatia, procure outro. Vá nesse embalo até encontrar aquela pessoa que sintoniza bem com você e que demonstra interesse verdadeiro em te ajudar.

Tudo isso é muito importante para ter tesão pra tudo. Pra trabalhar, se relacionar com as pessoas, alcançar seus objetivos, ter bom sexo... para viver. Busque dar atenção a estes aspectos e melhorá-los no que for possível e conseguirá sair da encruzilhada que envolve a falta de tesão. Não esqueça da importância de buscar ajuda profissional, OK? Espero que tenha te ajudado.

Até o próximo post!

18 comentários:

  1. Belíssimo post!!!! O mais importante é ressaltar que o tesão sexual está automaticamente ligado ao nosso tesão pela vida, pela saúde!
    Quantas vezes acordamos nos sentindo as piores pessoas do planeta? As mais feias, as mais chatas, as mais gordas, as mais incompreendidas?
    A forma como a gente se enxerga implica automaticamente na forma como o outro nos olha, como nos percebe!!! Se andarmos sempre de cabeça baixa, com queixa atras de queixas, desanimado, será essa imagem que vamos passar para os outros!
    Sei que muitas vezes é difícil ajeitar as mangas, sacudir a poeira e dá a volta por cima! A zona de conforto, onde muitos de nós vivemos ( inclusive eu) é muito mais fácil.. tão mais comoda!
    Porem, muitas vezes essa “zona de conforto” faz com que perdemos o tesão... o tesão pela vida, o tesão pelo outro, pelo trabalho, pelo lazer, e, principalmente, o tesão por nós mesmo!
    E com essa perda de tesão, perdemos também outras coisitas, inclusive a oportunidade de termos momentos felizes e de realizações!
    Tudo isso implica automaticamente na nossa saúde! Pois a falta de tesão implica no mal humor com o companheiro, no stress no trabalho, na falta de paciência com os filhos, na motivação para os momentos de lazer..... diante disso tudo fica a pergunta “como ter o tesão na cama?!” Impossível, ne?!
    Portanto, "Vamos acordar! Vamos acordar! Tem gente furando a fila e sendo feliz no nosso lugar!"

    beijocas Marília Rodrigues

    ResponderExcluir
  2. Valeu, Mari! Contribuições como esta sua só engrandecem este espaço de comunicação e ajudam, mais ainda, aqueles que buscam informação de verdade.
    Bj!

    ResponderExcluir
  3. Isso é para a "galera masculina", mas a feminina não deve ficar de fora ..
    E quem foi que disse que terapia é coisa de doido... e que vcs mesmo resolvem seus problemas , vcs estão totalmente enganados ... A melhor forma de satisfazer plenamente a si e sua parceira, é se connhecer a fundo de tal forma que será praticamente impossivel errar com o outro...Para ser feliz depende de dedicação e muito trabalho ...
    Bjs Lavine...

    ResponderExcluir
  4. Grande, Lalazinha! Isso mesmo! Vamos nos manifestar, galera!

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post! O blog tá cada vez mais leve e gostoso!
    bjok

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo post....Adorei!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Dr. Adolfo, estou pensando em tomar aquela substância destinada ao combate à calvície (finasterida) mas temo que possa trazer reflexos no desempenho sexual. Esse risco é concreto ou é puro mito? Abçs.

    ResponderExcluir
  8. Caro, mcandido.
    O risco existe, apesar de ser pequeno. Não chega, de forma alguma, a contra-indicar a substância. O melhor é experimentar e ver como você se sente com o uso. Converse com seu dermatologista pois existem outras opções além da finasterida, ou venha nos visitar. A Ortomolecular também pode ajudar muito nestes casos.
    Abração e obrigado pela visita.

    ResponderExcluir
  9. Dr Adolfo estou virando fã!! Adoro seus posts, super diretos, linguagem acessível, descontraída....parabéns! Espero em breve me tornar mais uma paciente!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Ludmila! Continue nos acompanhando e seja bem vinda ao nosso consultório!

      Excluir
  10. Conheci o blog hoje, amei me inspirei, obrigado Dr. pela atenção, bom saber que ainda existem médicos preocupados em ajudar aos humanos, sempre informando com sinceridade, verdade, abrindo o nosso entendimento.
    Li sobre 3 postagens e não estou conseguindo sair do blog, realmente excelente.
    Gostei muito do esclarecimento sobre psicologia, pois ainda muito desconhecida por muitos, e mal interpretada, o que mais posso dizer,... Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz com tudo isto, Andréia! Muito obrigado pelo reconhecimento. É um grande estímulo para continuarmos nos esforçando para gerar um material útil e franco para todos. Saúde e paz!

      Excluir
  11. Gosto muito dos seus posts! Principalmente porque você deixa claro a importância dos outros profissionais de saúde! Isso é muito generoso de sua parte, vista a situação da área de saúde hoje me dia!
    Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pela força, Iris. Nós, aqui na clínica, realmente levantamos a bandeira da integração entre os profissionais de saúde. Acreditamos muito na contribuição de cada um para uma saúde melhor em todos os casos. Todos juntos somos muito mais fortes e eficientes!

      Excluir
  12. Muito bom o post. Informa de maneira clara que tesão não se resume ao sexo, mas a tudo que fazemos na vida, inclusive por ela. O caminho é o autoconhecimento que nos possibilita elevar cada vez mais a nossa autoestima. Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada Maria,

      Muito obrigado por sua participação e opiniões.

      Estamos trabalhando para conseguir publicar sempre material útil e acessível para todos que se interessam.

      Grande abraço!

      Excluir
  13. Dr. Adolfo, estou muito curiosa para experimentar a medicina ortomolecular, mas tenho medo de não conseguir seguir por conta da quantidade de comprimidos. Tenho ouvido tantos depoimentos sobre o incremento na qualidade de vida que estou pensando em rever essa minha fobia a cápsulas e comprimidos. A pessoa tem q suplementar por toda vida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada Carol,

      Que bom que você está curiosa com relação à Ortomolecular. É um recurso valioso para a melhoria da qualidade de vida de todos nós. urbanóides. Conte comigo.
      Sobre as cápsulas, podemos, muitas vezes, fazer os suplementos em pó para dissolução em água. De qualquer maneira, algumas coisas virão em cápsulas. Podemos nos esforçar para diminuir a quantidade de cápsulas ao mínimo possível.
      A suplementação pode se manter a vida toda, dependendo da vida de cada um e variando com cada fase da vida. Varia bastante.

      Excluir